• Eu, porém, vos digo: Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem; para que vos torneis filhos do vosso Pai que está nos céus; porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons, e faz chover sobre justos e injustos.

    Mateus 5:44,45

  • Disse-lhes ele: Por causa da vossa pouca fé; pois em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda direis a este monte: Passa daqui para acolá, e ele há de passar; e nada vos será impossível

    .

    Mateus 17:20

  • Qual de vós é o homem que, possuindo cem ovelhas, e perdendo uma delas, não deixa as noventa e nove no deserto, e não vai após a perdida até que a encontre?

    Lucas 15:4

  • Então ele te dará chuva para a tua semente, com que semeares a terra, e trigo como produto da terra, o qual será pingue e abundante. Naquele dia o teu gado pastará em largos pastos.

    Isaías 30:23

  • As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu as conheço, e elas me seguem;

    João 10:27

prev next

Bem vindos!!

Sejam bem-vindos ao novo site e-cristianismo!! Nosso site foi recentemente invadido, então estamos trabalhando para recuperar o conteúdo. Esperamos terminar esta tarefa em breve.

Verso do dia

As escrituras afirmam que Jesus é Deus? As Testemunhas de Jeová, uma "seita cristã" que alega ser a única portadora da verdade, responde a essa pergunta negativamente. Essa opinião pode ser verificada em qualquer uma de suas publicações, inclusive na sua versão das escrituras, que em João 1.1 afirma que o Verbo era um deus. De modo interessante, um livreto publicado pela Sociedade Torre da Vigia, conhecido pelo nome “Should you believe in Trinity” (Deve-se crer na Trindade), falando sobre tal traducão afirma:

"quando o contexto exige, os tradutores podem inserir um artigo indefinido diante do substantivo nesse tipo de estrutura oracional. Mas será que o contexto exige um artigo indefinido em Jo.1.1? Sim, pelo testemunho de toda a Bíblia de que Jesus não é o Deus Todo-Poderoso."

Mas será isso verdadeiro?

O conceito da Trindade é fundamento na compreensão da existência de três pessoas divinas distintas (diferente do unitarismo), que tem sua própria funcionalidade (diferente do unicismo), que coexistem desde a eternidade (diferente do modalismo), são unas em essência e propósito (diferente do politeísmo), reais e ativas no mundo desde sua fundação (diferente do ateísmo) e defendida pelas escrituras (diferente da nova escola). Considerando isso, abaixo passo a demonstrar ocasiões no Novo Testamento que apontam para a comprovação da sentença.

J. Scott Horrell, ThM, ThD, é professor titular de teologia sistemática (pós-graduação) da Faculdade Teológica Batista de São Paulo e coordenador geral de Vox Scripturae. Com modificações, o artigo faz parte de um livro sobre a Trindade a ser publicado por Edições Mundo Cristão em 1994.

Esta é uma lista de vários textos bíblicos que apresentam o Pai (em vermelho), o Filho (em azul) e o Espírito Santo (em verde). Esta lista foi elaborada como meio de pesquisa.

Uma das objeções mais formuladas por aqueles que combatem a doutrina da Trindade é que ela não tem embasamento bíblico, segundo eles alegam, daí a promoverem uma visão unicista da essência divina. A meu ver, há 3 abordagens para responder a esta objeção, sobre se a Bíblia dá ou não dá suporte à doutrina da Trindade (ou do Unicismo).

Os fatos históricos e as controvérsias que ocorreram durante a formulação da doutrina da Trindade, segundo dois respeitados historiadores cristãos.

Últimos artigos

Assuntos principais

Últimos comentários